Dicas de Corte – Churrasco

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Dicas de churrasco – Corte

Depois das Dicas de Tempero, vamos falar agora sobre os cortes. Cada tipo de carne antes de ser assada precisa receber uma atenção especial na hora do corte, porque ele interfere, e muito, na suculência dela.

Segundo o Serviço de Informação da Carne – SIC e especialistas, a carne deve ser cortada no sentido contrário às fibras. Basta manter a lâmina da faca em um ângulo de 90 graus (sentido transversal) com as fibras da carne. Com este procedimento, garantimos que a faca faça o trabalho mais difícil (o de cortar as fibras) e o dente o trabalho mais fácil (apenas de separar as fibras). A título de esclarecimento, aquilo que chamamos de fibra da carne é na verdade um feixe ou fascículo de células musculares.

Existem várias vantagens dessa forma de cortar a carne, as quais são:

Orientamos as fibras para que a carne fique mais macia;
Facilita a entrada do sal e/ou dos temperos;
Efetuaremos uma única vez o seu selamento, evitando a perda excessiva de seus líquidos;
Diminui o tempo total de assamento, agilizando o seu churrasco;
Padroniza a apresentação;
Proporcionam maior rendimento ao seu churrasco;
OBS.: O corte mais complicado é o da Picanha, pois suas fibras estão em diagonal, desta forma, o ângulo de 90º que a lâmina da faca fará assemelha a um (X). E nas outras carnes que as fibras são retas, a lâmina da faca fará uma (+).
Ressalta-se que esta técnica não é aplicada às carnes suínas, pois as mesmas não correm o risco de ficarem duras.

Picanha

A queridinha entre os amantes de um bom churrasco, pode ser assada inteira ou em fatias, no espeto ou na grelha. Seu sabor acentuado e delicioso se dá devido a sua generosa capa de gordura, que nunca deve ser retirada antes do preparo. Para temperar, basta sal grosso ou refinado.

Costela

Saborosa, a costela é ótima para churrascos. A carne tem uma grande camada de gordura, que a deixa ainda mais gostosa, além de muitas fibras que exigem cuidado e tempo na hora do preparo.

Alcatra

A alcatra é uma carne com menos gordura, mas nem por isso menos saborosa. Este corte é ideal para ser assado por inteiro, no espeto ou na grela. Se preferir assar em fatias, evite as mais finas, pois por ter menos gordura, resseca com mais facilidade.

Contra Filé

Macio e com sabor acentuado, o contra filé deve ser assado a altas temperaturas para evitar que a carne enrijeça. Este corte é ideal para ser servido mal passado ou ao ponto. No preparo da carne é importante remover o nervo lateral, seguindo a fibra da carne, para um melhor resultado.

Fraldinha

Com sabor suave e fibra macia, a fraldinha é uma ótima opção para quem está de dieta, mas não deixa de comer uma boa carne. Com baixa concentração de gordura, é uma carne de corte pequeno e fibras longas. O ideal é assá-la em grelhas com cortes grossos para não ressecar.

Maminha

A maminha é um corte com sabor suave e uma grande quantidade de gordura, que deve ser mantida para preservar o sabor e a maciez. É ideal que se asse a maminha em uma grelha e com brasa muito forte.

Agora que você já sabe quais os melhores cortes de carne e a maneira correta de prepará-las para um bom churrasco, já pode convidar os amigos para um almoço no próximo final de semana! Tem alguma outra técnica para preparar o seu churrasco? Compartilhe conosco.

 

Fonte: amo.kitchenaid.com.br e picanhafatiada.com.br

Frete Grátis

Todos os produtos da loja online com frete grátis para compras a partir de

R$ 50,00

Para os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais